Conheça 10 curiosidades sobre Harvard que você não sabia - Daquiprafora | Faculdade nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Conheça 10 curiosidades sobre Harvard que você não sabia

É praticamente impossível falar de grandes universidades sem citar Harvard. Figurinha carimbada nos rankings de melhores instituições do mundo, a universidade mais famosa dos Estados Unidos tem uma longa história de sucesso e excelência. Além disso, ela também já faz parte da cultura americana. Não é incomum vê-la sendo citada nos mais diversos livros, filmes e programas de TV do país.

É natural, então, que um lugar que tenha toda essa importância desperte nossa curiosidade. E aí vai uma verdade: existem muitos fatos interessantes e divertidos sobre Harvard. Selecionamos 10 deles para que você consiga conhecer mais sobre esse grande patrimônio não apenas americano, mas também mundial. Confira!

1. Tempo de fundação

Harvard foi fundada em 1636, ainda com o nome de New College. Isso faz dela a mais antiga faculdade dos Estados Unidos. Três anos depois, em 1639, seu nome passou a ser Harvard em homenagem a um benfeitor que doou não apenas dinheiro para a instituição, mas também um importante acervo de livros.

2. Uma das estátuas mais fotografada dos EUA

O nome do primeiro benfeitor da universidade era John Harvard. Existe um monumento a ele no campus e sua estátua é uma das três mais fotografadas dos Estados Unidos.

Algumas curiosidades envolvem o famoso monumento. Uma delas é o motivo de ser popularmente conhecido como “a estátua das três mentiras”. Acontece que sua inscrição está registrada como “John Harvard, Founder, 1968”, mas nenhuma das informações procede.

Em primeiro lugar, a imagem da estátua não é de John. Quando foi construída, não haviam registros de sua aparência, por isso outro modelo foi utilizado. O título de fundador também não é real, já que a faculdade existia antes da doação que ocasionou a mudança de nome. Para completar, a data da fundação também é equivocada, totalizando as três mentiras.

3. Aposta na sorte

A superstição sobre a sorte costuma acompanhar Harvard. Ainda sobre a estátua, muitos estudantes possuem crenças peculiares em relação a ela. Enquanto alguns acreditam que passar a mão nos pés de John Harvard traz sorte nas provas, outros atribuem os bons resultados a urinar no monumento.

Um número também é considerado de sorte na instituição: o 8. Entre os motivos da simpatia, o fato de que oito ex-alunos assinaram a Declaração de Independência dos Estados Unidos; de oito ex-presidentes terem sido estudantes de Harvard; e de que a instituição pertence ao Ivy League, formada por oito universidades.

4. Fundo Patrimonial

As doações a Harvard não pararam em seu primeiro benfeitor. Longe disso! Atualmente, a universidade recebe ajudas financeiras bilionárias vindas principalmente de ex-alunos muito bem-sucedidos em suas carreiras. Isso faz com que seu fundo patrimonial seja um dos maiores e mais importantes do mundo, chegando a mais de 36 bilhões de dólares. Esse valor é maior do que a economia de muitos países!

5. Salário dos formados

E já que estamos falando dos ex-alunos, você faz alguma ideia de quanto eles ganham após conquistarem o tão desejado diploma de Harvard? A média de salário inicial de quem estudou na universidade ultrapassa os 60 mil dólares anuais e esse valor só tende a crescer ao longo de suas trajetórias profissionais. Nada mau para um recém-formado, não?

6. Alunos famosos

Entre as pessoas que já passaram por Harvard estão vários nomes notáveis de intelectuais, empresários, políticos e celebridades. Alguns deles? Bill Gates e Mark Zuckerberg, fundadores da Microsoft e Facebook, respectivamente; os ex-presidentes norte-americanos Franklin Roosevelt, John Kennedy, George Bush e Barack Obama; e os atores Matt Damon e Natalie Portman.

7. Seleção criteriosa

Apesar de ser o grande sonho e objetivo de muitos estudantes, o processo seletivo para entrar em Harvard é um dos mais criteriosos de que se tem notícias. Atualmente, a taxa de admissão na instituição é de apenas 6%. As etapas do processo de avaliação envolvem realização de testes, análise de currículo acadêmico, cartas de recomendação e produção de texto.

Mas, apesar de difícil, a seleção não é impossível, e a universidade recebe anualmente estudantes de todo o mundo que se destacam em seus estudos.

8. Proibido filmar

Você já deve ter escutado falar de filmes famosos que supostamente são ambientados em Harvard, como os populares “Legalmente Loira” e “A Rede Social”, não é? O que você talvez não saiba é que, na verdade, esses filmes precisaram ser filmados em outros locais e universidades. Isso porque as gravações de filmes comerciais são proibidas em Harvard desde a década de 70.

9. Biblioteca Widener

Harvard conta com mais de 70 bibliotecas que, juntas, formam o maior sistema de bibliotecas privadas do mundo. A maior delas é a biblioteca Harry Elkins Widener, a mais importante biblioteca acadêmica já construída. Para ter uma ideia da grandiosidade de seu acervo, ali está exposto um exemplar original da bíblia de Gutenberg, primeiro livro impresso em grande escala.

E as curiosidades que cercam a biblioteca não terminam aí. O nome do lugar é uma homenagem a um ex-aluno de Harvard cuja paixão era colecionar livros. Widener foi uma das vítimas do naufrágio do Titanic e, segundo histórias, já estava em um bote salva-vidas quando voltou ao navio para resgatar um exemplar raro e não conseguiu retornar a tempo.

Após o acontecido, sua mãe teria doado sua coleção literária a Harvard com a condição de que fosse construído uma biblioteca e um memorial em homenagem ao filho.

10. Aberta ao público

O campus de Harvard é aberto para visitantes e turistas que querem conhecer melhor a universidade e caminhar por seus prédios e jardins. Lá é possível conhecer as áreas de visitação por conta própria, participar de uma visita guiada pelos próprios alunos ou agendar um tour mais aprofundado, voltado para as pessoas que desejam estudar ali.

O que não falta em Harvard são histórias e acontecimentos marcantes, capazes de aguçar a curiosidade e o interesse. Somando isso à trajetória de prestígio, não é à toa que a universidade vem sendo por séculos um belo modelo.

E aí, gostou desse passeio por Harvard? Aproveite para compartilhar essas curiosidades com os seus amigos nas redes sociais!



Comentários