Conheça 4 bons exemplos de atividades extracurriculares para a candidatura das universidades estrangeiras - Daquiprafora | Faculdade nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Conheça 4 bons exemplos de atividades extracurriculares para a candidatura das universidades estrangeiras

Notas escolares, teste de proficiência em inglês e cartas de recomendação. Esses são alguns dos critérios utilizados pelas universidades de ensino no exterior durante o processo de candidatura de seus novos alunos. Mas não são os únicos. Há um fator importante que também é considerado pelas universidades estrangeiras: as atividades extracurriculares.

Essas atividades demostram o quão engajado o estudante é fora do ambiente escolar e o quanto ele poderá se desenvolver no ambiente acadêmico oferecido pela universidade. Quanto mais competitivas forem as universidades, mais exigentes com relação às atividades extracurriculares elas são, já que o nível acadêmico dos candidatos que aplicarem será muito próximo. 

Quer saber mais? Acompanhe este texto e conheça 4 principais tipos de extracurricular activities que são aceitos e ajudam a fortalecer a sua candidatura. Confira! 

1. Olimpíadas científicas

As olimpíadas de conhecimento ou científicas são competições que têm o propósito de premiar aqueles estudantes que competitivamente apresentam projetos e habilidades melhores nas áreas de física, química e biologia, por exemplo. Essa competição pode acontecer durante o ensino fundamental ou ensino médio.

As olimpíadas científicas são avaliadas a nível nacional e internacional. Nesse último caso, as universidades norte-americanas dão bastante atenção. Isso porque para elas é importante admitir estudantes que foram valorizados internacionalmente com iniciativas do meio científico, demonstrando talento excepcional em diversas áreas do conhecimento. 

2. Ações na comunidade

Essa é mais uma das atividades extracurriculares. Trata-se de participar em atividades realizadas junto a instituições religiosas e a grupos da sociedade. Isso não quer dizer que você precisa ser praticante de alguma religião.

Basta participar do planejamento de eventos, como jantares beneficentes e apoio a trabalhos missionários. Isso demonstra que você é uma pessoa que exerce a cidadania e tem proatividade a fim de ajudar a sua comunidade. Com essa postura, você ganha pontos na sua candidatura para estudar nos Estados Unidos.   

3. Clubes

Nos EUA, os clubes são muito comuns. Não se trata de lugares para praticar esporte ou lazer. Na verdade, são grupos de estudos que reúnem pessoas com os mesmos interesses. Essa é mais uma das atividades extracurriculares que contam muito na hora de se candidatar a uma vaga em uma universidade americana.

Então, participe de grupos de estudo de idiomas, de robótica, química ou até mesmo fazer parte de um coral. O importante é se integrar a um grupo que tem a ver tanto com o seu perfil pessoal quanto acadêmico. 

4. Governança

Você gostaria de fazer parte de comissões escolares, conselhos ou grêmios estudantis, mas não consegue entender qual é a vantagem de fazer parte disso? Saiba que essas são atividades extracurriculares essenciais para uma candidatura em instituições de ensino nos EUA.

É muito importante apresentar esse tipo de capacidade de governança, uma vez que as instituições prezam por estudantes participativos e presentes em questões políticas. 

Essas foram algumas das principais atividades extracurriculares bastante prestigiadas pelas universidades nos Estados Unidos quando vão selecionar seus novos alunos. Para que o candidato aumente suas chances de ter um boa candidatura, é recomendável realizar uma preparação a médio e a longo prazo.

Concentrar-se em ter boas notas, se preparar adequadamente para os testes padronizados e se envolver em boas atividades extracurriculares estão entre as ações necessárias e que exigem tempo para serem alcanças. 

E aí, quer receber mais dicas para se dar bem numa candidatura em uma universidade no exterior? Então assine a nossa newsletter! 



Comentários