Summer Talents – o programa da Daquiprafora que ajuda os seus alunos a conseguirem estágios de verão

A Daquiprafora é uma consultoria educacional que assessora estudantes para os processos seletivos de universidades dos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido e os acompanha durante suas trajetórias universitárias, oferecendo suporte e criando oportunidades de desenvolvimento pessoal e profissional.

É através de seu Departamento de Apoio e Desenvolvimento, o DAD, que a Daquiprafora acompanha e orienta seus alunos durante os quatro anos de faculdade, facilitando, nesse meio tempo, a transição do aluno para o mercado de trabalho.

Um dos nossos programas, focado no desenvolvimento profissional de nossos alunos, é o Summer Talents. O objetivo do Summer Talents é ajudar nossos alunos a fazerem estágios no período de férias de verão da faculdade nos EUA e Canadá e Inglaterra. Os alunos costumam ficar no Brasil entre começo de maio e final de agosto e então é uma ótima oportunidade para eles fazerem estágio e ganharem experiência.

Paralelamente, para as empresas, também é uma ótima oportunidade de ter esses jovens trabalhando em alguns projetos durante esse período e de conhecer o potencial dos alunos para pensar em futuras contratações.

Empresas - Summer Talents (1)

 O depoimento abaixo é de um dos estudantes que participaram do Summer Talents nesse ano. Gabriel Sellmer, aluno de terceiro ano da Nebraska Wesleyan University, que realizou estágio de junho a agosto no Instituto Tênis. Gabriel contou como foi a sua rotina como estagiário, as habilidades que aprendeu e desenvolveu no período e avaliou a sua evolução como profissional. Confira abaixo!

 


1. Como foi o trabalho? Houve um projeto com começo, meio e fim, ou foram trabalhos pontuais?

Durante os dois meses que trabalhei no Instituto a grande maioria dos meus projetos e trabalhos foram focados nas áreas de finanças e processos pois estão diretamente relacionados com meu Major e Minors. Fiquei responsável pela atualização das planilhas de custo de atletas do IT, alguns custos internos da equipe no CT e o projeto que ocupou a maior parte da minha experiência de summer foi a criação de um mapa de processos internos do Instituto Tênis, o qual incluía cerca de 20 processos de diversos setores, incluindo gestão comercial, gestão financeira, gestão operacional, governança corporativa e gestão de atletas.

2. Você sentiu uma evolução, seja ela comportamental ou técnica, durante o programa?

A oportunidade de passar as férias de verão trabalhando junto a equipe que comanda o Instituto Tênis foi sem dúvida uma grande experiência. É fundamental para qualquer estudante universitário que busca uma carreira de sucesso no mercado profissional que ele (a) tenha o máximo de ‘hands on experience’ durante o período que está na faculdade. O fato de estar num ambiente de trabalho dinâmico, assumir responsabilidades dentro de uma empresa e encarar situações do mundo real faz com que possamos por em prática toda a teoria aprendida na universidade. A experiência adquirida durante um programa de summer é de extremo valor, pois somente assim é possível ter uma ideia do quão se está preparado para iniciar sua carreira profissional.

Pessoalmente notei um crescimento e desenvolvimentos profissional muito grande durante os dois meses de estágio. O fato do meu tempo na empresa ser limitado me motivou a fazer e buscar sempre mais, absorvendo todo o conhecimento e conteúdo que podia durante o período que estava trabalhando no Instituto. Antes dessa experiência, eu não havia trabalhado em nenhuma outra empresa, então não tinha a menor ideia do que estava por vir. Uma das coisas mais importantes que eu aprendi durante esse tempo foi a necessidade de me adaptar ao novo, e estar constantemente fora da minha zona de conforto, o que me trouxe muitos benefícios e me fez desenvolver uma autoconfiança muito grande naquilo que sou capaz de fazer. Outro aspecto muito positivo de qualquer job é a oportunidade de conhecer e interagir com novas pessoas e ampliar seu círculo de amizades e principalmente network. No instituto tive a oportunidade de trabalhar ao lado de pessoas que me passaram grandes ensinamentos e me proporcionaram momentos que jamais imaginei na minha vida. Eu considero isso de imenso valor, pois amadureci, me desenvolvi profissionalmente, tive a oportunidade de trabalhar no meio do esporte que amo e ao final da experiência tive a sensação de dever cumprido.

O Instituto Tênis tem a missão de democratizar o tênis no nosso país e torna-lo mais acessível para qualquer jovem que tem o sonho de ser um atleta profissional. O tênis sempre teve grande importância na minha vida, comecei a jogar com 7 anos por vontade própria, meus pais sempre me incentivaram e proporcionaram tudo que precisei para seguir meu caminho. Através do tênis estou tendo a oportunidade de estudar numa universidade americana e buscar uma boa carreira profissional. Ao fazer parte da equipe do Instituto Tênis durante dois meses colaborando com esse fantástico projeto é algo muito gratificante, contribuir na formação de uma nova geração de tenistas e fazer com que o tênis proporcione grandes momentos na vida deles assim como me proporcionou, é algo de valor incalculável.

3. Houve um projeto de conclusão? Como foi o resultado final?

Como mencionei anteriormente eu tive a oportunidade de trabalhar em diversos projetos dentro do Instituto, porém o projeto que eu atribuo maior valor foi ter desenvolvido o mapa de processos internos do IT. O que faz esse projeto ter um valor especial para mim foi o tempo que dediquei trabalhando nele, o fato de ser algo que eu comecei do zero, tive participação de pessoas de todos os setores do Instituto Tênis me ajudando para que ele se tornasse realidade. Ao final tive a oportunidade de apresenta-lo para a equipe, ouvir o feedback deles e deixa-lo como fruto da minha experiência de summer job no IT.  

4. Faltou algum detalhe que gostaria de dividir conosco? Dê seus comentários gerais.

Entre diversas oportunidade que tive no IT, uma das que mais aproveitei foi ter participado em eventos com a empresa. Durante o meu primeiro mês de estágio eu tive a oportunidade de participar de um evento chamado Google Grants no escritório da Google em São Paulo, que contou com a participação de diversas instituições e ONGs. Também tive a oportunidade nesse evento de conhecer dois representantes da empresa parceira do Instituto que é responsável por todo o desenvolvimento e gerenciamento de mídia sociais entre outras plataformas do Instituto Tênis. Umas das reuniões que participei enquanto estava na IT foi com uma startup chamada Fits, que estava interessada em fechar uma parceria com o Instituto, e foi bem bacana para mim participar da reunião, fazer parte daquele momento representando o IT e sentir como são tais experiências na vida real.

Um pouco antes do final do summer também participei de um evento da Fundação Lemann com a Daquiprafora, que reuniu diversos alunos da Daquiprafora, importantes ex-alunos que participaram do programa de bolsas da Fundação Lemann, representantes de grandes empresas, contou com a presença do próprio Jorge Paulo Lemann, o técnico da seleção Brasileira de vôlei José Roberto Guimarães e o tenista André Sá.

Trabalhar no centro de treinamento em Barueri também foi uma ótima experiência, pois o ambiente é excelente, a estrutura do local é fantástica, tive a oportunidade de interagir com atletas e técnicos do Instituto, conhecer um técnico Americano que estava visitando o CT e trabalha na USTA como diretor de desenvolvimento de atletas, além de assistir alguns treinos da seleção de voleibol feminina antes do embarque para o Grand Prix na China o qual elas vieram a ser campeãs.

Ao final do summer também ganhei um uniforme de jogo do IT, o que foi muito bacana pois não estava esperando o ‘presente’.

5. Em relação a Daquiprafora, quais foram os prontos positivos e negativos do programa de Summer Talents?

O principal ponto positivo de programa summer talents é proporcionar aos alunos a experiência de estar dentro e entender o funcionamento de uma empresa. Como todos os estudantes estão fora do país é muito difícil manter contato com empresas e instituições nacionais que podem oferecer oportunidades de estágio ou emprego. O programa de summer é fundamental para aproximar essa conexão e abrir portas aos alunos, além de incentivar as empresas nacionais a darem oportunidades aos mesmos, pois a cultura brasileira não compreende e valoriza a ideia de ter um jovem talento na empresa durante um curto período de tempo como nas férias de verão.

Agradecimento

Ao final dessa grande experiência que tive durante o meu summer eu só tenho a agradecer o Instituto Tênis e a Daquiprafora pela oportunidade que foi sem dúvida fantástica e me deu uma nova perspectiva sobre a minha futura carreira profissional. O que aprendi durante os dois meses de estágio e a sensação de dever cumprido ao final do programa é muito positiva e gratificante.



Comentários