Como Fazer a Application para Universidades no Exterior? - Daqui pra Fora | Faculdade nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Como Fazer a Application para Universidades no Exterior?

O ano da candidatura para uma faculdade no exterior é um período importante, um momento de muitas dúvidas e também de tomada de decisões. É preciso se programar e se organizar de acordo com o que as universidades exigem para, assim, poder fazer as opções corretas e enviar a melhor candidatura.

Como fazer a candidatura para faculdades no exterior?

O processo seletivo para universidades no exterior não é como aqui no Brasil, onde ser aceito depende da nota de uma prova. Não é um vestibular ou mesmo um exame como o ENEM que define se você pode ou não estudar em uma instituição lá fora.

A candidatura para universidades no exterior é feita por meio de uma application que avalia o candidato como um todo. Após definir as universidades que tem interesse, o aluno envia uma série de documentos e redações para cada uma delas.

A application tem vários requerimentos, entre eles notas de provas padronizadas (SAT e ACT), nota de prova de proficiência em inglês (TOEFL), redação, documentos como histórico escolar, cartas de recomendação, entre outros.

As exigências não são as mesmas em todas as instituições e o nível de competitividade também varia bastante de uma universidade para outra. Por isso, é importante saber exatamente o que cada uma exige antes de enviar a application.

Quando a candidatura deve ser feita

O prazo para envio das applications nas universidades dos Estados Unidos, Canadá e Inglaterra costuma ir de novembro (do ano anterior ao início do curso) a fevereiro. Por exemplo: se você pretende começar o curso em 2020, deve enviar a candidatura entre novembro de 2019 e fevereiro de 2020.

Como são vários os critérios de avaliação, o candidato precisa se programar e se organizar com antecedência para ter tudo pronto no período das applications.

Como é o Programa de Candidatura da Daqui pra Fora

O Programa de Candidatura da Daqui pra Fora trabalha para fazer com que o aluno seja aceito nas melhores universidades possíveis de acordo com seu perfil.

Em todas as etapas, o acompanhamento é individual e personalizado, feito por uma equipe multidisciplinar, formada por especialistas em cada momento da jornada. O trabalho é lapidar o currículo do aluno para que ele se torne o melhor candidato para cada uma das universidades em que deseja se aplicar.

Entenda como funciona nosso Programa de Candidatura:

Planejamento

O Planejamento é feito por um Estrategista, que avalia as características do aluno, define seu perfil, e a partir daí estabelece metas, prioridades e estratégias, assim como um cronograma de trabalho.

Este profissional acompanha o aluno de perto e cuida para que prazos e objetivos sejam cumpridos durante todo o processo.

Seleção de Universidades

Conhecendo o perfil do aluno, suas preferências e considerando ainda o investimento previsto pela família, o Estrategista sugere opções de universidades mais adequadas para aquele cenário. Juntos, Estrategista, aluno e família, definem para quais universidades de fato se candidatar.

Para isso, ele leva em conta diferentes fatores, como as chances de o aluno ser aceito, a localização e o tamanho do campus, o modelo de ensino, o perfil dos alunos e dos estudantes de cada instituição e as possibilidades de bolsa de estudos.

Redações

A redação (ou Essay) é parte muito importante do processo seletivo. Por isso, precisa ser entregue com conteúdo e formato esperado pelas bancas de admissão das universidades.

Por isso, o aluno do Programa de Candidatura da Daqui pra Fora recebe orientação personalizada de um Orientador de Redações que trabalha com o método DpF.

Essa metodologia estimula a criatividade para encontrar as experiências mais representativas do aluno e que possam mostrar quem ele realmente é. Afinal as redações servem para a universidade entender se o perfil do candidato combina com o dela e mostrar isso através das histórias que viveu é muito importante no processo. O modelo de redação deve ser escrito em primeira pessoa e não é argumentativo como alguns vestibulares brasileiros.

O Orientador de Redações ainda revisa todos os textos para conferir gramática e ortografia do inglês, quantas vezes forem necessárias, até que estejam fortes o suficiente e no padrão esperado pelas universidades.

Cartas de Recomendação

As cartas de recomendação são importantes pois ajudam as universidades a conhecer o aluno pelo ponto de vista acadêmico, através de quem trabalha com ele dentro da escola. No programa de Candidatura da Daqui pra Fora, o Orientador de Redação ainda orienta a escola e o aluno na elaboração das cartas de recomendação do candidato.

Ele explica o conceito, envia exemplos e sugere professores ideais para quem o aluno deve solicitar as cartas de recomendação. Ainda dá suporte aos professores na revisão e como deve ser feito o envio das cartas.

Applications

Depois que o aluno já cumpriu todas as etapas exigidas, chega a hora de fazer a application propriamente dita nas universidades escolhidas.

Para isso, cada aluno tem um Orientador de Application que identifica os pré-requisitos e prazos de cada universidade para as quais ele vai aplicar, coleta e envia os documentos necessários, orienta como preencher os documentos solicitados e revisa todas as applications do candidato. Em seguida,  monitora o recebimento das candidaturas e orienta sobre os ajustes necessários quando requisitados pelas universidades.

Pós Admissão

Depois de enviadas as candidaturas, o Orientador de Application apoia o aluno em tudo que é necessário até ele ir efetivamente para a faculdade.

Primeiro, ele recebe os resultados das admissões, e, junto com o aluno e estrategista, dá suporte na escolha de qual faculdade o aluno irá cursar.

Depois dessa definição, o Orientador de Application ainda auxilia com a documentação necessária para a matrícula e envia os documentos para emissão do I-20 (exigido pela imigração).

Ele também dá apoio no que diz respeito ao plano de alimentação, moradia e seguro saúde, além do pagamento da universidade. Ou seja, o Orientador de Application cuida de tudo que acontece desde o envio da candidatura até a efetivação da matrícula.

Bolsa de Estudos

Durante a construção da candidatura, é importante identificar as possibilidades de bolsa de estudos em cada universidade que o aluno envia candidatura ou se candidata.

Os principais tipos de bolsa são: por mérito acadêmico, por necessidade financeira (poucas instituições oferecem) e bolsa por talentos específicos (oferecidas em faculdades ligadas à Artes).

Além de identificar as possibilidades, a Daqui pra Fora orienta o aluno no preenchimento estratégico de documentos complexos que fazem parte do processo de requisição do auxílio financeiro.

Depois de recebidos os resultados das candidaturas, o Orientador de Application estuda as possibilidades de bolsa de estudos em cada uma das universidades em que o aluno foi aceito.

Os benefícios de ter o suporte da nossa consultoria educacional para a application

A candidatura para universidades no exterior é um processo trabalhoso, que envolve várias etapas e avalia o aluno como um todo, tanto no aspecto acadêmico como no pessoal. A consultoria educacional da Daqui pra Fora vai orientar os passos do candidato em todo o caminho, estabelecendo metas, prazos e prioridades, ajudando-o a foca no que realmente é necessário.

Uma equipe multidisciplinar, com especialistas nas diferentes etapas do processo, é fundamental para maximizar as chances de o candidato ser aceito nas universidades escolhidas de acordo com o seu perfil.

Dessa forma a Daqui pra Fora já auxiliou mais de 3.000 estudantes brasileiros nos últimos 18 anos a conseguirem aprovação em universidades americanas, canadenses e do Reino Unido.

Quer saber mais sobre nosso Programa de Candidatura? Vem tirar suas dúvidas conosco.

Agende uma conversa pelo WhatsApp com um dos nossos especialistas!

 



Comentários