Lidando com a saudade - Daqui pra Fora | Faculdade nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Lidando com a saudade

Praticamente todos os estudantes que estejam atualmente nos Estados Unidos ou Canadá tiveram que, em algum momento, lidar com a saudade de casa. Ela sempre está presente, em maior ou menor grau, na vida dos estudantes que estão há milhares de quilômetros de seus lares.

A matéria de hoje, escrita por uma estudante para o site da University of Texas – Austin, dá dicas de como lidar com um dilema tão comum na vida de quem deixa o seu país para se aventurar no exterior. Como você irá ler na matéria, o lado bom da saudade é que ela é temporária, e a leitura abaixo lhe mostrará caminhos para superá-la.

Boa leitura!

Lidando com a Saudade
Texto de Brittany Balcomb – University of Texas at Austin
Adaptado por Rafael Bento

Eu me sinto muito sortuda nesse período inicial em que estou no exterior por ainda não ter que lidar com uma grande saudade de casa. Eu acredito que seja devido a algumas poucas coisas, mas principalmente porque eu tenho estado tão incrivelmente ocupada que não tenho tido muito tempo para deixar minha mente pensar muito sobre isso. Contudo, mesmo não sentindo por enquanto, eu sei que a saudade de casa é completamente normal e muitos estudantes a sentem de diferentes maneiras. Quando trabalhos escolares, provas e atividades extracurriculares se colocam como obstáculos em seu caminho, torna-se fácil desejar estar de volta em casa, abraçando nosso urso de pelúcia favorito. Mas o lado bom de sentir saudades é que ela não é permanente e há várias maneiras de superá-la e se sentir positivo novamente.

Primeiramente, é importante entender que essa situação é completamente normal. Em minha opinião, é meio impossível ser feliz 100% do tempo. Então aceite que é totalmente normal sentir saudades quando as coisas não vão tão bem. Permita-se sentir suas próprias emoções e coloque tudo para fora, então você conseguirá tomar um novo rumo para se sentir feliz novamente.

Um ótimo jeito de reduzir a saudade é fazendo alguma atividade física. Exercícios físicos cientificamente liberam endorfina, que o torna mais feliz. Então por que não dedicar uma hora de seu dia correndo, ou malhando na academia? Certamente será melhor do que ficar sentado em seu dormitório comendo miojo, e você irá se sentir mais saudável e feliz, então não há desvantagens.

É muito importante também se manter ocupado. Ter uma agenda ocupada permite que você fique motivado e focado no que é importante, seja aulas, trabalho, ou sua vida social. Quando nós não temos nada para fazer, a inércia permite que nós só pensemos em todas as coisas e pessoas que nós sentimos falta em casa. Então se você sentir que a inércia está chegando, é hora de você fazer algo! Precisa de ideias? Se você é um estudante universitário, você terá um milhão de oportunidades de se envolver com diversas coisas, então não as desperdice. Você poderia se juntar a alguma organização estudantil, explorar a cidade, ou mesmo ter um novo hobby que você nunca pensou em ter. Quem sabe, você poderá se surpreender e descobrir seu amor em escrever poesias? Hey, tentar não machuca ninguém.

Uma outra forma de diminuir a saudade é planejar uma viagem. Mesmo se for somente um fim de semana longe de seus amigos, uma grande viagem pelo país ou um feriado, planejar uma viagem fará você ficar muito animado. Viajar é uma das melhores partes quando você vai morar no exterior e você terá a oportunidade de experimentar diversas novas culturas e estilos de vida. Meu lema ao estudar no exterior é “você somente viverá isso uma vez”, e, mesmo nem sempre seguindo-o, ele me faz sempre sentir a necessidade de sair e me divertir. Então faça o mesmo, diga sim para tudo e não negligencie oportunidades que estejam no seu caminho. A melhor parte disso será quando você retornar para casa, podendo olhar para as memórias incríveis que você tem dos lugares que você visitou.

Então aqui estão minhas dicas para lidar com a saudade. Eu realmente espero que elas lhe ajudem em sua experiência longe de casa. Todos lidamos com saudade de diferentes maneiras, mas apenas lembre-se que é temporário e você irá superá-la.

Fonte: UT-Austin



Comentários