Como obter o visto de estudante para os Estados Unidos - Daqui pra Fora | Faculdade nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Como obter o visto de estudante para os Estados Unidos

Estudar fora do país — especialmente nos EUA — é o desejo de muitos  brasileiros e um dos passos para que esse sonho se torne realidade é obter o visto de estudante para os Estados Unidos.

No entanto, existem muitas modalidades diferentes de vistos que podem confundir o estudante.

Se você deseja conhecer mais sobre o assunto, acompanhe o post que vamos apresentar como é possível tirar o visto de estudante para os EUA e todos os seus detalhes. Confira!

O que é e quais são os tipos de vistos para os EUA?

O visto é uma autorização de entrada em algum país e deve ser solicitado antes da visita ao local. Em geral, os vistos costumam contar com data de validade, atividades que o indivíduo pode exercer, território que pode percorrer e duração da estadia no país, por exemplo.

Os EUA contam com diferentes tipos de vistos, assim, os brasileiros que desejam apenas visitar o país devem obter o visto B2, já quem vai trabalhar precisa ter o visto H-1B, H-2B ou H-3, por exemplo.

visto de estudante para os Estados Unidos pode ser:

  • F-1 para quem deseja estudar inglês ou realizar um curso em uma universidade americana;
  • M-1 para os alunos que forem realizar a matrícula em um programa profissionalizante ou não acadêmico.

visto para estudantes pode ter duração de até 4 anos e quem deve fornecer os documentos que são necessários para a comprovação do vínculo estudantil é a própria universidade ou escola de inglês que o estudante realizar a sua matrícula.

Assim, o primeiro passo de quem deseja obter o visto de estudante para os Estados Unidos é ter a aceitação em uma instituição de ensino americana. Isso porque, como vimos, o curso que será realizado determina o tipo de visto que o estudante deve solicitar, além de ser preciso apresentar na embaixada americana uma documentação fornecida pela escola.

Qual é o processo para obter o visto de estudante para os Estados Unidos?

Após ser aceito em uma instituição de ensino o estudante deve preencher e apresentar alguns formulários, como o DS-160, que deve ser feito por todas as pessoas que solicitam um visto americano.

Além disso, também é preciso fornecer outro formulário chamado I-20, que é enviado ao estudante pela própria instituição de ensino em até 4 semanas após a sua matrícula.

Depois de receber o documento, é fundamental conferir itens como nome e demais dados pessoais — se tiver alguma irregularidade, é preciso entrar em contato com a escola imediatamente para evitar problemas —, pois é preciso estar com o formulário em mãos no dia da entrevista e informações divergentes podem dificultar o processo.

A instituição de ensino em que o estudante realizar a sua matrícula ainda é responsável por cadastrá-lo em um sistema dos Estados Unidos chamado SEVIS e para que o cadastro seja efetivado é preciso pagar uma taxa que varia de US$ 180 a US$ 200, a depender do curso que será realizado.

Após seguir todos os referidos procedimentos o aluno, finalmente, pode se cadastrar no site de solicitação de vistos da embaixada dos EUA e requerer o seu visto de estudante. Para dar continuidade ao processo é preciso seguir os passos indicados, respondendo às perguntas realizadas com sinceridade e informando os dados solicitados.

Por fim, para finalmente obter o visto de estudante, é preciso marcar uma entrevista no consulado americano. Na data agendada, o estudante deve comparecer ao local com todos os documentos necessários, como recibo de pagamento da taxa SEVIS, formulário DS-160, passaporte válido, formulário I-20, dentre outros.

Além disso, no momento da entrevista, é fundamental responder com sinceridade todos os questionamentos para que o visto de estudante para os Estados Unidos não seja negado.

É comum que sejam realizadas perguntas como “em qual local você vai morar durante os seus estudos?” e “por qual razão você pretende estudar em determinada escola?” e o estudante deve estar preparado para respondê-las de maneira objetiva e verdadeira.

Também é essencial que o estudante tenha na data da entrevista:

  • os documentos que comprovem a sua intenção de voltar ao Brasil depois do término do curso;
  • sua condição de se sustentar financeiramente no país durante o período de estudos;
  • os documentos que comprovem os seus planos de estudar nos EUA.

Depois da entrevista, nos casos em que há a aprovação do visto, o consulado americano retém o passaporte e o devolve em até 10 dias úteis, sendo que é possível recebê-lo em casa ou retirar no local em dia e horário agendados.

O processo para obter o visto de estudante para os Estados Unidos conta com diversas etapas e por essa razão é fundamental realizar todo o procedimento com antecedência.

Além disso, o tempo de espera para as entrevistas pode variar de acordo com a demanda do consulado americano (presente em diversas cidades do Brasil), assim como o prazo para a emissão de vistos pode ser maior.

Dessa maneira, como os vistos de estudantes só podem ser emitidos em até 120 dias antes do início de seu curso, o ideal é iniciar o procedimento assim que for possível.

Como evitar que o visto de estudante seja negado?

A negação do visto de estudante, em geral, está ligada ao perfil do solicitante, uma vez que é preciso justificar por qual razão a pessoa deseja estudar nos Estados Unidos. Dessa maneira, a estratégia adotada para justificar o visto de estudante é fundamental no processo e, portanto, é preciso ir para a entrevista muito bem embasado, a fim de não deixar dúvidas no oficial consular.

Existem alguns outros fatores que podem levar a uma negação do visto, como quando o estudante não comprova que tem condições de se manter durante o período no país, pois nesses casos o Consulado pode entender que ele pretende trabalhar ilegalmente nos Estados Unidos para custear os seus estudos.

Outro ponto negativo que leva à reprovação é o preenchimento do DS com poucas informações, pois tal documento é fundamental e deve conter todos os dados solicitados, bem como as suas reais intenções no país. Além disso, é importante que as informações estejam sempre de acordo com o I-20 para que não ocorram problemas na entrevista.

Por fim, outro fator que desfavorece o estudante é o nervosismo, pois em alguns casos o oficial consular pode entender que o indivíduo está tenso porque está mentindo e por essa razão negar o visto. Assim, é importante manter a calma e responder a todas as perguntas tranquilamente.

A fim de evitar problemas (como ter o visto negado), é fundamental contar com uma consultoria especializada nesse tipo de serviço para auxiliar o estudante durante todo o processo.

Se você ainda tem dúvidas acerca do tema, nós podemos auxiliá-lo. Entre em contato conosco que fornecemos o suporte necessário!



Comentários