Quer fazer um curso de arte nos Estados Unidos? Veja como ingressar em uma universidade! - Daquiprafora | Faculdade nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Quer fazer um curso de arte nos Estados Unidos? Veja como ingressar em uma universidade!

As universidades dos Estados Unidos são constantemente classificadas entre as melhores do mundo. E com os programas de arte não é diferente! Com metodologias de ensino inovadoras e apreço pela pesquisa e conhecimento teórico, os cursos americanos também são conhecidos por estimularem o lado empreendedor do artista.

Assim, optar por um curso de arte nos Estados Unidos pode ser um diferencial significativo para construir uma carreira sólida na área criativa. Continue a leitura para saber como ingressar nesses programas!

Quais cursos se encaixam em arte?

Se você gosta de se expressar de maneira criativa, fazer um curso de arte nos Estados Unidos pode ser uma opção muito válida para a sua carreira profissional. Lá, os programas de artes se baseiam em desenvolver talentos de maneira prática, trabalhando a criatividade do aluno.

As áreas de estudo em artes disponíveis nos Estados Unidos incluem: Administração da Arte, Artesanato, Desenho Criativo, Desenho Industrial, Moda e Design Têxtil, Teatro e Drama, Artes Visuais, Dança, Design Gráfico, Design de Interiores e Música. Cursos da área de Ciências da Comunicação, como Cinema e Televisão e Fotografia, e o curso de Arquitetura também figuram como opções para candidatos interessados em arte.

Como é feita a avaliação?

processo seletivo para faculdades de arte é parecido com os de qualquer instituição educacional americana, com o diferencial da necessidade de apresentar um portfólio com as suas principais peças artísticas. Confira as principais etapas!

Pesquisa

O primeiro passo é conhecer os programas disponíveis e escolher os mais interessantes para você. É importante considerar o orçamento da sua família, seus objetivos pessoais e profissionais, a existência de bolsas de estudos e programas de assistência financeira para estrangeiros, entre outros fatores.

Pesquise, também, as galerias de arte da instituição e as exibições feitas por seus estudantes para ter uma noção clara do perfil de artista que costuma ingressar nos programas que você gostaria de estudar.

Applications

Fazer um curso de arte nos Estados Unidos é o desejo de muitos estudantes da área artística. Por isso, é importante trabalhar com várias opções. Faça uma lista dos seus programas preferidos e de outros que combinam bem com o seu perfil, sempre tendo em mente se a instituição oferece a educação que você deseja.

Portfólio

Ter um bom portfólio é essencial para fazer faculdade de arte. Lembre-se não só de mostrar suas habilidades técnicas, mas de buscar inspirar os avaliadores. Inclua somente os seus melhores trabalhos, comunicando seus objetivos e inspirações artísticas.

Ao se inscrever para programas diferentes, é importante adaptar o seu portfólio de escola para escola, considerando os requerimentos de cada instituição. Alinhar suas habilidades e objetivos com o comitê de admissões pode ser um grande diferencial.

Entrevistas

Nem todas as faculdades de arte exigem entrevistas no processo seletivo, mas quando elas forem necessárias, não há motivo para pânico. Lembre-se de que se você está procurando a melhor escola para os seus objetivos, a escola também está procurando por alunos que possam ter sucesso estudando lá.

A entrevista é a melhor oportunidade para causar uma boa impressão. Portanto, esteja preparado para falar sobre você e o seu trabalho. Mostre como os seus objetivos se alinham com os da instituição.

Fazer um curso de arte nos Estados Unidos requer dedicação. É preciso fazer muita pesquisa e começar a se preparar para o processo seletivo com antecedência. Entrar numa faculdade de arte fora do Brasil não é fácil. No entanto, o esforço é recompensado pela oportunidade de estudar em um ambiente voltado à construção do seu sucesso como artista.

Se interessou em estudar arte nos Estados Unidos? Então confira este artigo sobre como escolher uma universidade no país.



Comentários