Conheça as 6 melhores faculdades da Inglaterra - Daqui pra Fora | Faculdade nos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido

Conheça as 6 melhores faculdades da Inglaterra

Estudar na terra da rainha é uma oportunidade de ouro para ter acesso a uma educação de qualidade, aprimorar a compreensão da língua inglesa e passar por uma rara experiência cultural. Somados, todos esses pontos representam uma grande vantagem ao desenvolvimento pessoal e profissional de uma pessoa.  

Naturalmente, antes de realizar o investimento no futuro do jovem, é fundamental conhecer as melhores instituições de ensino disponíveis no país. Assim, é possível conduzir o processo da forma mais benéfica para o estudante. 

Para ajudar nessa questão, trazemos uma lista com as seis melhores faculdades da Inglaterra segundo o ranking Times Higher Education. Falaremos um pouco da história de cada instituição e da relevância que têm atualmente. Continue a leitura e confira!

1. Oxford University

A universidade de Oxford, localizada na cidade homônima, é simplesmente a instituição de ensino superior mais antiga entre as que utilizam a língua inglesa. Mais importante do que a idade, porém, é sua excelência — fato que garante uma presença constante nas listas das melhores faculdades do mundo. 

Com mais de 23 mil estudantes, sendo 40% deles provenientes de outros países, Oxford é um grande centro de conexões culturais. Isso, aliado à alta qualidade do ensino, faz com que a instituição seja uma verdadeira fábrica de profissionais que se destacam em suas carreiras.

Para se ter uma ideia, 27 dos 54 primeiros-ministros que o Reino Unido já teve concluíram seus estudos em Oxford. Isso inclui a atual ocupante do cargo, Theresa May. Como se não bastasse, a universidade já teve 69 vencedores no prêmio Nobel. 

2. University of Cambridge

Localizada na cidade de Cambridge, essa é outra instituição reconhecida mundialmente pela qualidade do ensino e pelo sucesso de seus graduados. Curiosamente, sua história é bem relacionada à Universidade de Oxford, faculdade com a qual mantém certo nível de rivalidade.

Isso porque a Universidade de Cambridge foi fundada por antigos acadêmicos de Oxford, que se mudaram para a cidade fugindo de uma onda de violência. Hoje, mais de 800 anos depois, Cambridge é referência mundial em pesquisas e estudos relevantes para a população, contando inclusive com um programa de parceria com o MIT

Os feitos alcançados por antigos estudantes de Cambridge também são notáveis, incluindo 118 prêmios Nobel (distribuídos por todas as modalidades). Entre seus alumni mais notáveis, está Charles Darwin, pai da teoria evolucionista, além de Isaac Newton e Stephen Hawking. 

3. Imperial College London

Fundada em 1907, essa instituição tem como principal foco a aplicação prática de ciências e tecnologias. Seus principais campos acadêmicos são: Ciências Naturais, Engenharia, Medicina e Negócios, área criada em 2004 pela Rainha Elizabeth II. 

O Imperial College London conta com uma vasta comunidade internacional e representantes de 140 países entre seus alunos. De acordo com o New York Times, a universidade figura entre as dez mais conceituadas entre empregadores ao redor do mundo, sendo uma excelente opção para quem quer aumentar suas chances no mercado de trabalho.

Entre seus estudantes notáveis, está Sir Alexander Fleming, um dos 14 vencedores do prêmio Nobel que passaram pela universidade. Fleming é o responsável pela descoberta da penicilina, grupo de antibióticos que revolucionou a saúde mundial. 

4. UCL

A University College London está localizada na capital da Inglaterra. Fundada em 1878, a UCL foi a primeira instituição de ensino no Reino Unido a aceitar o ingresso de mulheres sob os mesmos termos dos homens. 

De acordo com o Research Excellence Framework, trata-se da faculdade com o maior potencial de conduzir pesquisas em todo o Reino Unido. Não é à toa, portanto, que a UCL detêm 29 prêmios Nobel — incluindo o entregue a William Ramsay, que descobriu os gases nobres enquanto trabalhava como professor na instituição. 

Mas a universidade não formou apenas grandes pesquisadores. O líder da revolução indiana, Mahatma Gandhi, frequentou a UCL para estudar Direito, enquanto o renomado diretor de Hollywood Cristopher Nolan iniciou seu contato com a arte no curso de Literatura da faculdade. 

5. London School of Economics and Political Science

Também localizada na capital da Inglaterra, essa instituição é conhecida como LSE e foi fundada em 1895. Hoje, com mais de nove mil estudantes ativos, a universidade é extremamente receptiva com estrangeiros, tendo 70% de seu corpo estudantil formado por pessoas de fora do país. 

Para tornar mais clara essa integração cultural, a faculdade mantém parcerias com universidades ao redor do planeta, incluindo a Columbia University (em Nova York). Embora seu nome possa sugerir o contrário, a LSE oferece graduações nas mais diversas áreas, contando com 25 campos de estudo diferentes. 

Se você é um fã de Rolling Stones, já pode ter ouvido falar da faculdade. Foi lá que o cantor Mick Jagger iniciou seu ensino superior, que logo foi deixado de lado para fundar a banda. Outro membro importante foi Bertrand Russel, considerado o mais influente filósofo britânico do século XX. 

6. King’s College London

Inaugurada em 1829, a KCL, como é conhecida, recebeu esse nome em homenagem ao rei George IV, responsável por sua fundação. A universidade integra, ao lado de Oxford e Cambridge, o grupo conhecido como triângulo de ouro, composto por instituições reconhecidas pela excelência em pesquisa.

Entre seus feitos mais relevantes, está a enorme contribuição para o entendimento do DNA, fato que rendeu um dos 12 prêmios Nobel entregues a integrantes da faculdade. Localizada no coração de Londres, capital da Inglaterra, a King’s College London oferece ao corpo de alunos uma experiência única na vida estudantil

Além de contar com professores e pesquisadores vindos de todas as partes do mundo, a faculdade utiliza sua localização estratégica para formar parcerias pontuais com estabelecimentos importantes de Londres. Assim, edifícios como o Museu de Londres e a Biblioteca Britânica se tornam acessíveis tanto para o staff quanto para estudantes. 

Estudar nas melhores faculdades da Inglaterra é um diferencial inigualável no currículo de qualquer pessoa, pois essas instituições proporcionam ganhos de conhecimento que vão além das atividades curriculares. Para tanto, é necessário um investimento acadêmico e financeiro, além de analisar as possibilidades de bolsas de estudos. 

E aí, gostou de conhecer as melhores universidades da Inglaterra? Continue sua leitura e entenda como é possível conseguir bolsas de estudo em universidades estrangeiras!



Comentários